DWIH São Paulo convida spin-offs e startups alemãs para o concurso Startups Connected

© AHK São Paulo

O Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH) São Paulo lança a categoria “Brasil Sustentável”, voltada para startups e spin-offs, criadas em uma instituição alemã de ensino superior, pesquisa ou inovação, que desenvolvam soluções inovadoras relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, e tenham interesse em atuar no mercado brasileiro. As inscrições podem ser feitas neste link até o dia 31 de julho.

O desafio integra a quinta edição do Startups Connected, promovido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) de São Paulo e lançado em 2016 com o objetivo de promover a interação entre startups e empresas consolidadas, do Brasil e da Alemanha. A categoria da DWIH é a única que premia uma startup da Alemanha.

Para participar da seleção, as startups alemãs precisam estar no chamado early stage e desenvolver soluções para um ou mais Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, sendo a prioridade para os seguintes: fome zero e agricultura sustentável (ODS 2); educação de qualidade (ODS 4); energia limpa e acessível (ODS 7); indústria, inovação e infraestrutura (ODS 9); cidades e comunidades sustentáveis (ODS 11); consumo e produção responsável (ODS 12) e ações contra a mudança global do clima (ODS 13). Por meio de um programa de aceleração e uma viagem ao Brasil, a empresa deve capacitar-se para atuar no país, estabelecendo contatos com potenciais clientes, fornecedores e investidores, bem como cooperações de pesquisa e desenvolvimento.

Prêmios

A startup vencedora participará de um processo de aceleração da AHK oferecido em conjunto com o DWIH São Paulo, que durará de três a seis meses. Os encontros e debates serão tanto no ambiente virtual como no presencial. A startup selecionada poderá ainda participar de reuniões com empresários, executivos, investidores, pesquisadores, eventuais parceiros e clientes.

Além disso, a startup vencedora deve ainda selecionar um membro de sua equipe para viajar ao Brasil a fim de conhecer o ambiente de inovação e negócios no país. Os custos de viagem serão arcados pelo Programa Startups Connected. Em caso da persistência da pandemia de covid-19 no Brasil por mais tempo, essa agenda poderá ser cumprida de forma on-line ou a viagem pode ser remarcada para um momento mais adequado.

Vencedor da Startups Connected 2019

A startup alemã Re:edu, uma spin-off do Instituto de Geoinformática da Universidade de Münster (WWU), foi a vencedora do desafio do DWIH no ano passado. Até 2019, a categoria promovida pelo Centro Alemão de Ciência e Inovação chamava-se “Alemanha”.

Fundada em março de 2018, a Re:edu, destacou-se na categoria por desenvolver soluções e capacitação em tópicos como educação digital, ciência cidadã, código aberto/dados abertos e monitoramento ambiental. Seu principal produto, o SenseBox, baseia-se nos resultados de pesquisas de um projeto financiado pelo Ministério Federal da Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF).