DAAD, DFG, AvH e HRK lançam portal com indicadores para a internacionalização de universidades alemãs

© iStockPhoto

Desde o fim de maio está no ar o HSI-Monitor, plataforma que registra e organiza dados e indicadores internacionais relacionados a 435 instituições de ensino superior (IES) alemãs. O projeto é fruto de uma parceria entre o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), a Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), a Fundação Alexander von Humboldt (AvH) e a Conferência de Reitores Alemães (HRK) e tem como objetivo auxiliar as IES no desenvolvimento de estratégias para expansão internacional.

Com financiamento do Ministério Federal Alemão de Educação e Pesquisa (BMBF), o Monitor possibilita às universidades a identificação de tendências e, a partir disso, um melhor planejamento de gestão nas instituições e em seus escritórios no exterior. Dentre os muitos indicadores disponíveis para análise estão as categorias: publicações internacionais, cooperações acadêmicas, projetos da DFG, programas de fomento do DAAD e da AvH, além de dados sobre estudantes e pesquisadores – tanto os estrangeiros na Alemanha quanto os alemães fora do país.

Colaboradores brasileiros nas áreas de ciência e artes em universidades alemãs

A quantidade massiva de dados é organizada de maneira intuitiva. Uma vez escolhido o tema que gerará uma tabela e um gráfico, por exemplo, sobre estudantes estrangeiros ou pesquisadores alemães, é possível filtrar esses números por ano e área acadêmica, além de gênero, país de destino e país de origem, a depender do assunto selecionado.

Os diagramas gerados ficam disponíveis para download em PDF, PNG, JPEG e XLSX, o que também pode ajudar as universidades a agilizarem a criação de relatórios, apresentações e materiais publicitários.

Antes do lançamento do HSI-Monitor, seu propósito era realizado através de relatórios anuais sobre a internacionalidade das universidades alemãs. A inovação para o formato digital traz benefícios em três frentes, se comparada à forma convencional: maior frequência na atualização das informações (duas vezes ao ano), a possibilidade de personalização dos dados para consulta e o alcance deles, que podem ser acessados a qualquer momento de qualquer lugar.

Para 2021, planeja-se a expansão do acesso individual pelas próprias universidades, que assim poderão comparar seus próprios dados com os de outras instituições.

Por se tratar de um projeto novo, estão acontecendo seminários on-line de introdução ao HSI-Monitor. O próximo está programado para o dia 24 de junho. A inscrição é realizada por e-mail. Saiba mais em https://www.hsi-monitor.de/ueber-das-projekt/termine/.