Programa Hilde Domin contempla estudantes e pesquisadores em situação de risco

© DAAD

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) e o Ministério das Relações Externas da Alemanha (AA) lançaram um programa de bolsas em defesa da liberdade de pesquisa. O Programa Hilde Domin é destinado a estudantes e pesquisadores do mundo todo que estejam em situação de risco em seus países e impossibilitados de desempenhar suas atividades acadêmicas por motivos políticos, discriminatórios ou outros. Os prazos para envio de candidatura são 31 de julho de 2021 e 31 de janeiro de 2022.

Os selecionados ganharão a oportunidade de começar ou concluir uma formação em uma instituição de ensino superior na Alemanha, com uma bolsa para cobrir todos os custos da estadia. O financiamento do DAAD terá a duração de até dois anos no caso de um curso de Master e de até quatro anos para um bacharelado (incluindo o curso preparatório/Studienkolleg) ou um doutorado.

Os potenciais candidatos não devem se candidatar diretamente ao programa, eles devem ser indicados pela direção de uma instituição baseada na Alemanha como pessoa jurídica. Depois de uma análise preliminar, candidatos que se enquadrem nos requisitos serão contatados pelo DAAD e convidados a preencher um formulário de candidatura online. A seleção final de bolsistas será realizada por um comitê independente, que vai levar em consideração dois critérios: a ameaça enfrentada pelo(a) estudante ou pesquisador(a) e sua trajetória acadêmica.

Defesa da liberdade de pesquisa

O programa foi oficialmente lançado no dia 14/04/2021. Em seu discurso para celebrar o lançamento, o Ministro de Relações Exteriores Heiko Maas disse que “é necessário que não abandonemos aqueles que defendem a liberdade da ciência e da pesquisa; que estão sendo ameaçados por causa de suas ideias. Protegê-los é uma questão de humanidade – e uma vitória para a democracia”. O presidente do DAAD, Prof. Dr. Joybrato Mukherjee, também se pronunciou, fazendo referência a um poema de Hilde Domin ao dizer que “o DAAD gostaria de estender a mão a estudantes e doutorandos em perigo em todo o mundo para que cheguem a um lugar seguro onde possam continuar os seus estudos ou pesquisas sem medo de represálias”.

Nascida em 27 de julho de 1909 em Köln, Hilde Domin foi uma escritora e poetisa alemã de origem judaica. Conhecida como a “Poetisa do Retorno”, Domin emigrou da Alemanha em 1932 e não conseguiu voltar ao seu país devido à ascensão do nazismo. Ela passou 22 anos vivendo no exílio em diversos países até retornar para sua nação de origem em 1954. Morreu em 2006 em Heidelberg, aos 96 anos de idade.