Concurso atrai startups alemãs para o Brasil

© Divulgação

Startups da Alemanha têm em iniciativa da AHK São Paulo e do DWIH São Paulo uma grande oportunidade para se conectar ao ecossistema brasileiro de inovação, bem como a potenciais clientes. A vencedora na categoria “Alemanha” do Prêmio Startups Connected terá sua viagem financiada e poderá utilizar a estrutura do programa Startups Connected para seus primeiros passos no Brasil. As inscrições estão abertas até 9 de agosto.

Através de um prêmio no Programa Startups Connected, o Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH São Paulo) e a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo) abrem caminho para startups alemãs que queiram atuar no Brasil. A versão 2019 do programa tem início mais uma vez com um concurso com nove categorias para startups brasileiras e uma somente para alemãs interessadas em ingressar no mercado brasileiro. O prazo para candidaturas termina em 9 de agosto.

À vencedora na categoria “Alemanha”, o DWIH São Paulo oferece uma viagem ao Brasil para a cerimônia de premiação e participação no 7º. Congresso Brasil-Alemanha de Inovação, nos dias 2 e 3 de outubro de 2019. Durante uma semana, a startup poderá conhecer o ecossistema brasileiro de inovação, podendo ter encontros com pesquisadores e potenciais clientes, fornecedores, investidores e parceiros. O roteiro de viagem e contatos será definido em conjunto com a startup vencedora e não está limitado a São Paulo.

Já a AHK São Paulo disponibiliza as instalações de seu Startups Connected Hub, localizado em um centro de empreendorismo, para servir de base para ações no Brasil. O prêmio proporciona visibilidade, networking, conexão com o mercado brasileiro e apoio à internacionalização.

As candidatas alemãs podem ser de qualquer área, desde que ofereçam soluções com potencial para o mercado brasileiro. Entretanto, ter soluções em uma das áreas das demais categorias do concurso poderá facilitar o início de sua atuação no país. As demais categorias da quarta edição do Programa Startups Connected baseiam-se em desafios de soluções inovadoras estabelecidos por seus patrocinadores, quase todas grandes empresas alemãs. Além da categoria “Alemanha”, promovida pelo DWIH São Paulo, o programa possui as seguintes categorias:

·         Circular Economy, by BASF

·         Data Farming, by Bayer

·         Energy Efficiency for Industry, by GIZ

·         Industrial Processes Digitalization, by Siemens

·         Pacient Journey, by Oswaldo Cruz German Hospital

·         Productive Chain 4.0, by Volkswagen

·         Pulp and Paper Innovation, by Voith

·         Sustainable Urban Mobility, by BMU

·         TravelTech, by Lufthansa

 

Casos de sucesso: “categoria Alemanha” do Programa Startups Connected

Em 2018, a startup alemã SoilSpy foi a vencedora da categoria “Alemanha”. Ela se destacou com um dispositivo à base de um sensor nanoeletrônico que analisa o solo e pode ajudar os agricultores a aplicar a quantidade correta de fertilizantes. Por uma semana, o indiano Vijay Deep Bhatt, pós-graduando da Universidade Técnica de Munique (TUM), onde ele e seus dois sócios desenvolveram a solução, teve a oportunidade de realizar visitas técnicas diversas no Brasil, com suporte do DWIH São Paulo. Ele esteve na Embrapa Solos e na Embrapa Instrumentação Agropecuária, nas startups Fazenda Urbana e Mvisio, bem como nas empresas Basf e Bayer.

Em 2017, o prêmio nesta categoria foi igualmente para uma startup da área de agricultura digital, a alemã Greenspin, de Würzburg. A Greenspin oferece soluções em agricultura digital, com foco na digitalização, quantificação e monitoramento de diversas áreas para melhorar a produtividade e prevenir catástrofes. O diretor geral da startup, Clemens Delatrée, veio igualmente ao Brasil e manteve contatos com instituições de pesquisa (Embrapa Instrumentação Agropecuária, Esalq-USP, UFRGS), um produtor rural na Bahia e com empresas.

 

Mais informações e inscrições: https://www.startupsconnected.com.br/en/germany