Universidade de Kiel

A Universidade de Kiel (Christian-Albrechts-Universität zu Kiel – CAU) é uma universidade plena, forte em pesquisa com mais de 27 mil estudantes e aproximadamente 2.500 cientistas. Entre as disciplinas de suas oito faculdades surgem constantemente interfaces dinâmicas que se refletem em um perfil tanto de pesquisa integrativo como de ensino. Através da pesquisa, do ensino e da transferência de conhecimento a “CAU” contribui para a solução dos grandes desafios da atualidade.

A Universidade de Kiel, com um total de 190 disciplinas, oferece múltiplas possibilidades para compor um ciclo individualizado de estudos. Típico para Kiel é disponibilizar, desde o início, uma visualização integrada ao que acontece no campo das pesquisas atuais e acesso a fundamentos básicos para um trabalho em conjunto com as equipes interdisciplinares. A isto se adicionam redes abertas, “Service-Learning” ou um ambiente de vida atrativo à beira-mar.

Junto com uma forte pesquisa individual, a CAU criou quatro áreas de conhecimento nas quais enfatiza suas pesquisas: Ciências da vida, Oceanografia, Nanociência e Ciência da Superfície, assim como Sociologia, Meio-Ambiente e Cultura em Evolução. Cada área específica reúne a expertise das diversas faculdades das áreas de Ciências Naturais, Sociologia, Engenharia, Direito e Ciências Humanas. As principais áreas de pesquisa estão fortemente integradas nas estruturas das universidades e constituem a base universitária para o cluster de excelência da medicina de precisão para doenças inflamatórias crônicas „Precision Medicine in Chronic Inflammation“ = PMI, assim como „ROOTS – Conectividade de: Sociedade, Meio-Ambiente e Cultura nos mundos remotos“.

Estas áreas de ênfase se caracterizam através de visibilidade internacional, potencial inovador e projetos conjuntos bem-sucedidos, através de pelo menos duas das oito faculdades. Elas se baseiam na cooperação de excelentes disciplinas, no desenvolvimento de novas interfaces conjuntas na pesquisa, ensino, fomento para as novas gerações, transferência e igualdade de oportunidades, bem como através de parcerias bem-sucedidas a longo prazo com parceiros externos ao âmbito universitário, documentados entre outros nos três “Campi-Leibniz”.

Na sua nova estratégia de internacionalização para 2019-2024 a “CAU” foca explicitamente no Brasil como país alvo. Estreitos relacionamentos de cooperação já existem com universidades brasileiras e instituições de pesquisa, que a longos anos atuam nas áreas de oceanografia e geociência, romanística/linguística e geografia. Entretanto já existem relacionamentos consolidados em diversas disciplinas com praticamente todas as faculdades da Universidade de Kiel, passando inicialmente pela agronomia seguindo na medicina e nanociência chegando à psicologia e direito. Merecem destaque especial os acordos de cooperação das faculdades com a USP, processos binacionais de fomento, um “Double-Degree-Programm” com a UFPE e a cooperação com a UFRGS no Centro de Estudos Europeus e Alemães.

No contexto da expansão sistemática da cooperação, a CAU também vai fazer uso do trabalho cooperativo que vem sendo realizado com a Sociedade de Desenvolvimento de Negócios e Transferência de Tecnologia Schleswig-Holstein Ltda. Ou seja, “Wirtschatsförderung und Technologietransfer Schleswig-Holstein GmbH” (WTSH) a qual mantém um escritório de representação em São Paulo desde 2008.

Contato

Dr. Martina Schmode

Diretora do Centro Internacional