Presidente da DFG participa do Global Research Council

© DAAD/Ausserhofer Himsel

O  8º Annual Meeting 2019 do Global Research Council, que tem como uma das organizadoras a Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), contou com a presença de 50 chefes de agências de fomento, entre eles o presidente da DFG, Peter Strohschneider, que falou, em entrevista à DW Brasil, sobre  a importância das Ciências Humanas não apenas para a sociedade, mas também para a economia.

Líderes de agências de fomento de todo o mundo reuniram-se na primeira semana de maio em São Paulo por ocasião do 8º Annual Meeting 2019 do Global Research Council (GRC). O objetivo do encontro, que reuniu cerca de 50 chefes de agências de fomento de 50 países nos cinco continentes, foi definir uma diretriz global sobre o impacto econômico e social em pesquisas científicas.

O evento, organizado pela Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo Consejo Nacional de Investigaciones Científicas e Técnicas (Conicet), da Argentina, aconteceu pela primeira vez no Brasil. As edições mais recentes do encontro do GRC ocorreram na Rússia (2018), Canadá (2017) e Índia (2016).

O presidente da DFG, Peter Strohschneider, concedeu entrevista à DW Brasil sobre as temáticas do encontro, afirmando que o setor é de importância extrema não apenas para a sociedade, mas também para a economia. Para o cientista alemão, o apoio a todas as áreas do conhecimento, inclusive Ciências Humanas, é a chave do sucesso de um país. “É impossível pensar no desenvolvimento de uma sociedade moderna sem as Ciências Humanas. Digo isso de forma muito categórica”, afirmou na entrevista.

Clique aqui e leia a entrevista da Deutsche Welle com o presidente da DFG, Peter Strohschneider, na íntegra!

Sobre o GRC
Constituído em 2012, o Global Reseach Council tem entre seus objetivos melhorar a comunicação e a cooperação entre os conselhos nacionais de pesquisa, além de promover o compartilhamento de dados e melhores práticas para uma cooperação de pesquisa de alta qualidade.

A organização tem como presidente e vice-presidente Vladislav Panchenko, da Russian Foundation for Basic Research, e Alejandro Ceccatto, do National Scientific and Technical Research Council (Argentina), respectivamente.

O Governing Board é constituído ainda por líderes de agências de fomento na Arábia Saudida, Estados Unidos, Brasil, Irlanda, Canadá, China, África do Sul, Costa do Marfim, Japão, Alemanha e Science Euroupe.