Professor brasileiro, ex-bolsista do DAAD, recebe Ordem do Mérito do governo alemão

© Arquivo Pessoal/DAAD

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico no Brasil (DAAD) tem o prazer de anunciar que o governo alemão concedeu a Ordem do Mérito “Verdienstkreuz am Bande” a um ex-bolsista brasileiro do DAAD. O Prof. Dr. Draiton Gonzaga de Souza foi escolhido para receber a homenagem por seu extensivo trabalho interdisciplinar de quase três décadas em prol da cooperação acadêmica entre Brasil e Alemanha.

Souza é professor e decano da Escola de Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), atuante nas áreas do Direito e da Filosofia. Seu doutorado em Filosofia foi realizado na Universidade de Kassel com bolsa do programa CAPES-DAAD. Já no pós-doutorado na Universidade de Tübingen, ele foi bolsista do DAAD.

Ele figura também entre os ex-bolsistas da Fundação Alexander von Humboldt (AvH), tendo recebido o prêmio Alumni das duas organizações, em 2002 (DAAD) e 2013 (AvH), respectivamente. O professor é, ainda, co-fundador e vice-diretor do Centro de Estudos Europeus e Alemães (CDEA), em Porto Alegre. Como parte de seu trabalho acadêmico, Souza vem há anos levando professores alemães a diversas universidades brasileiras.

Presidente do DAAD parabenizou o professor

A “Verdienstkreuz am Bande”, em português chamada como Cruz de Cavaleiro da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha, foi conferida pela primeira vez em 1951 ao político e jornalista Theodor Heuss. Esse reconhecimento é concedido pelo presidente alemão por realizações excepcionais no campo político, econômico, cultural, intelectual ou voluntário.

“Nos mais de 20 anos de sua carreira acadêmica, Draiton conseguiu repetidamente construir pontes nas relações acadêmicas entre Alemanha e Brasil através da sua excelência intelectual, sua perspectiva interdisciplinar e sua abordagem profundamente humanista”, declarou o presidente do DAAD, Joybrato Mukherjee.

‘Agradeço pelas amizades que fiz nesse intercâmbio de ideias e de vida’

Procurado pela equipe do DAAD Brasil, o Prof. Draiton não escondeu o entusiasmo: “Com alegria e gratidão, recebi a notícia da concessão da medalha. Alegrei-me pelo reconhecimento do governo federal da Alemanha, por meio do Consulado Geral em Porto Alegre e da Embaixada em Brasília, de um trabalho realizado nesses últimos 25 anos, juntamente com muitos(as) colegas, professores(as), estudantes e funcionários(as) que também se engajam na cooperação acadêmica Brasil-Alemanha e com os quais partilho essa honraria”.

O professor estendeu seus agradecimentos à sua família, tanto a parte brasileira quanto a alemã, aos órgãos de fomento brasileiros (CAPES, CNPq, FAPERGS) e alemães (DAAD, no Rio de Janeiro e em Bonn, Fundação Alexander von Humboldt, KAAD, DFG, Instituto Goethe), à PUCRS e às universidades parceiras alemãs, com que realizou diversas atividades acadêmicas. Ele completou: “Nos últimos cinco anos, meu especial agradecimento aos colegas do Centro de Estudos Europeus e Alemães (CDEA-UFRGS-PUCRS), financiado pelo DAAD. Por fim, agradeço pelas amizades que fiz ao longo desses anos, nesse intercâmbio de ideias e de vida. Muito obrigado! Às pessoas que agora iniciam uma trajetória de idas e vindas, presenciais e virtuais, com a Alemanha, só posso dizer: vale a pena! Faria tudo novamente!”

A obtenção da Ordem do Mérito é normalmente acompanhada de uma cerimônia de entrega, ainda sem data devido à pandemia de Covid-19. Assim que for possível, uma celebração será realizada no Consulado Geral de Porto Alegre com a presença do embaixador alemão no Brasil, Heiko Thoms.

Fonte: DAAD Brasil