Centro Alemão de Ciência e Inovação anuncia nova diretoria

© Felipe Mairowski/DWIH São Paulo

O anúncio oficial da mudança da diretoria do DWIH São Paulo foi marcado por uma cerimônia na capital paulista que contou com a presença internacional da presidente do DAAD, Profª. Drª. Margret Wintermantel e do diretor de Comunicação do DAAD e responsável pela rede DWIH, Dr. Michael Harms. Representantes de universidades e instituições cooperadoras do Centro Alemão também participaram ao lado de instituições brasileiras parceiras.

O Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH São Paulo) contará com novo diretor a partir do dia 1º de dezembro de 2019. O anúncio oficial aconteceu em 1º de outubro durante cerimônia especial em São Paulo. Drª. Martina Schulze, diretora do DWIH São Paulo e do escritório regional do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) no Rio de Janeiro desde outubro de 2014, ao qual o DWIH é ligado, passa os cargos a Dr. Jochen Hellmann.

O momento, que marcou a troca da diretoria (Amtsübergabe, em alemão), teve  a presença da presidente do DAAD, Profª. Drª. Margret Wintermantel; do diretor de Comunicação do DAAD e responsável pela rede DWIH, Dr. Michael Harms; do cônsul geral da Alemanha em São Paulo, Axel Zeidler; do conselheiro científico da Embaixada da Alemanha no Brasil, Christian Stertz; do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp),  Marco Antonio Zago, e do coordenador do DWIH São Paulo, Marcio Weichert. Estavam presentes ainda durante a cerimônia representantes da Universidade Estadual Paulista (Unesp), da Universidade de São Paulo (USP), assim como das instituições e de universidades cooperadoras e parceiras do DWIH, como da Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), da Fundação Alexander von Humboldt (AvH), do Brasilien-Zentrum de Baden-Württemberg na Universidade de Tübingen, da Universidade de Münster, (WWU), da FAU Erlangen-Nürnberg, da FU Berlin, da Sociedade para Preparação de Estudos e Testes Acadêmicos (g.a.s.t.), da RWTH Aachen, da TU München, do Goethe-Institut, da rede Rebralint (Rede Brasil-Alemanha Internacionalização do Ensino Superior), e do  Mecila (Maria Sibylla Merian International Centre for Advanced Studies in the Humanities and Social Sciences Conviviality-Inequality in Latin America).

Wintermantel reforçou a importância do trabalho realizado por Martina Schulze, assim como sua dedicação e empenho à frente das instituições. Além disso, deu boas-vindas ao novo diretor com a certeza de que assumirá as tarefas e iniciativas, dando continuidade ao fortalecimento do sistema científico e de inovação Brasil-Alemanha em prol dos desafios que vivemos nos dias de hoje e do progresso da sociedade.  “O Centro Alemão é a janela para o universo da ciência e da inovação e estamos orgulhosos de termos assumido, há dois anos, toda a rede DWIH. São Paulo é, em especial, um polo importante para o nosso trabalho, que vem conquistando cada vez mais uma rede significativa de contatos e cooperações, potencializando a ponte bilateral Brasil-Alemanha da ciência, pesquisa e inovação. Estamos em um novo período de transição e tenho certeza que iremos fortalecer ainda mais nossas contribuições.”

Da esquerda para a direita: Christian Lazar, Yrani Albisser, Jochen Hellmann, Martina Schulze, Marcio Weichert, Stephanie Tanaka, Francine Camelim

Schulze, que trabalha no DAAD desde 1993 e assumiu diferentes funções gerenciais desde então, segue para a Colômbia onde estabelecerá um novo escritório regional do DAAD no país. “Quero aproveitar a ocasião para agradecer as oportunidades que tive ao assumir as atividades do DWIH e por todo esse tempo que desenvolvemos importantes iniciativas, assim como a consolidação e confiança com nossos cooperadores. É com muito prazer que passo esse importante trabalho ao Sr. Hellmann e torço para que ele possa aproveitar cada etapa aqui no Brasil com o DAAD e DWIH”, enfatizou.

Na sequência, seu sucessor Hellmann, que acumula experiências no DAAD e na Universidade de Hamburg e, até junho de 2019, foi secretário geral da Universidade Franco-Alemã em Saarbrücken, agradeceu a oportunidade com as novas tarefas no Brasil e declarou estar ansioso para seu início oficial. “Há uma relação muito intensa entre Brasil e Alemanha no campo da ciência e inovação com uma rede competente já estabelecida. Ter a oportunidade de colaborar com esse relacionamento, assim como aumentar essa rede, intensificando as sinergias entre os dois países é muito motivador.  Estou vivenciando um momento muito especial e já me alegro pelo trabalho em conjunto”, declarou o novo diretor.

Em seu discurso, Zeidler lembrou as importantes colaborações que o DWIH estabelece, fomentando projetos, eventos e ações. “Estou muito honrado de fazer parte dessa cerimônia e certo de que precisamos continuar com as iniciativas que o DWIH São Paulo desenvolve, já que são de suma importância para o progresso da ciência e inovação.” O cônsul mencionou a parceria com a Fapesp  no principal evento anual do DWIH. “Há oito anos, o DWIH e a Fapesp estabeleceram uma agenda em comum que resultou no Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação, que a cada edição traz temas atuais para a discussão”.  O cônsul lembrou que neste ano, o evento foca, nos dias 30 e 31 de outubro, no tema “Radicalization and Violence: Perspectives and Prevention Approaches”. Link do evento.

por Ana Paula Katz Calegari