2019 começa acelerado

© DWIH São Paulo/Ana Paula Calegari

Nunca a agenda do DWIH São Paulo começou um ano tão agitada como em 2019, o que revela uma alta demanda por parcerias com o centro e uma intensa atividade Brasil-Alemanha nas áreas da pesquisa, ciência e inovação.

O primeiro trimestre no Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo) apresentou-se atípico em relação aos anos anteriores. Nunca suas atividades começaram tão cedo, demostrando, assim, que 2019 chegou com muitas ações no cenário Brasil-Alemanha da pesquisa, ciência e inovação.

A movimentada agenda do DWIH São Paulo foi inaugurada em 9 de janeiro com uma curta visita de representantes do Ministério da Economia da Alemanha (BMWi), da Associação das Câmaras Alemãs de Indústria e Comércio (DIHK) e de representantes das câmaras de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Outras visitas nas primeiras semanas do ano foram de representantes do estado alemão de Schleswig-Holstein no Brasil, da Green Rio e do Instituto Tecnológico da Dinamarca (DTI). Mais recentemente, visitaram o DWIH o embaixador alemão Georg Witschel e o grupo de pesquisa do projeto Klimapolis.

A largada na série de eventos, financiados neste ano pelo DWIH São Paulo, foi dada por meio da temática central da rede de centros alemães, a inteligência artificial. O International Industry Workshop on Advanced Manufacturing Technologies, realizado pelo Instituto Fraunhofer IPK e pelo centro alemão nos dias 12 e 13 de fevereiro na capital paulista, trouxe as últimas tendências em Indústria 4.0, abordando também cases de sucesso e estratégias de parcerias no eixo Brasil-Alemanha.

Inteligência artificial também esteve no centro das atenções no workshop internacional “Artificial Intelligence for Neurology and Anesthesia Applications”, organizado pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Friedrich-Alexander-Universität Erlangen-Nürnberg (FAU). Com parceria do DWIH São Paulo, o evento de 20 a 22 de março possibilitou a troca de expertises e a formação de uma rede para a realização de projetos colaborativos.

Com participação do DWIH São Paulo ao lado do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) e das universidades Freie Universität Berlin (FU Berlin), Technische Universität München (TUM), de Münster (WWU), de Potsdam e de Duisburg-Essen ,  o  2° Dia da Alemanha na Universidade Federal do ABC (UFABC) aconteceu em São Bernardo do Campo (SP) em 20 de fevereiro e repetiu o sucesso da primeira edição. Na ocasião, estudantes, pesquisadores e professores tiveram a chance de conhecer oportunidades de pesquisa e estudo no país, bem como de cooperação científica bilateral.

Entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março, ocorreu o workshop “ICTP-SAIFR/FAIR on Mass Generation in QCD”, uma iniciativa da Ruhr-Universität Bochum (RUB) em parceria com a Unesp e o DWIH São Paulo. O momento reuniu físicos teóricos e experimentais para discutir tópicos em física relacionados à Unidade de Pesquisa sobre Antiprótons e Íons (FAIR na sigla em inglês), um novo acelerador construído na cidade alemã de Darmstadt.

Fechando o primeiro trimestre, os simpósios e colóquios “Migration Coverage and Media Accountability” reuniram estudantes, pesquisadores e professores em Florianópolis (25/03) e em Brasília (29/03). Os eventos são resultado da iniciativa da TU Dortmund University com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade de Brasília (UnB), com a qual já existe uma parceria de vários anos, bem como com parceria do Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo. Os encontros discutiram os resultados de uma pesquisa internacional sobre o tratamento jornalístico dado a episódios de migração em diversos países e novas possibilidades de cooperação acadêmico-científica.

E as atividades de 2019 continuam. A agenda do DWIH São Paulo está com uma programação bem diversificada, com o objetivo de promover o intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores da Alemanha e do Brasil, estimulando-os à cooperação científica.

 

Verifique os próximos eventos em nosso Calendário Científico aqui!