Bolsas de 6 meses na Alemanha para preparação de projetos de doutorado

© TU Berlin

O Global Center of Spatial Methods for Urban Sustainability (GCSMUS) está com chamada aberta de três bolsas de pesquisa, para seis meses de estadia em Berlim. Este período será destinado para preparação do projeto de doutorado. O prazo para candidatura é 20 de fevereiro de 2020.

Para se candidatar é preciso ter feito mestrado em uma das universidades parceiras do GCSMUS, que, no Brasil, são a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

As atividades do GCSMUS têm como foco o objetivo 11 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, que é “tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis”.

As bolsas são referentes ao período entre 1 de maio e 30 de outubro de 2020. Durante esse período, os candidatos ficarão na TU Berlim, onde terão acesso a bibliotecas e laboratórios. O GCSMUS também organizará um programa geral de treinamento aos candidatos e definirá mentores e supervisores, de acordo com a área de pesquisa.

Importante frisar que os seis meses não são para escrever a tese, mas sim, para desenvolver o projeto.

Os candidatos que de fato desenvolverem e submeterem seus projetos de doutorado, até 31 de outubro, estarão aptos a concorrer a bolsas de doutorado do GCSMUS.

Entre os requisitos da bolsa estão: possuir diploma de mestrado e língua inglesa, não é preciso falar alemão.

O formulário para candidatura está disponível aqui. Nele estão disponíveis mais informações sobre a bolsa .

Ele deve ser preenchido pelo/a interessado/a e enviado por email para Prof. Dr. Fraya Frehse [fraya@usp.br].

O prazo para envio é 20 de fevereiro de 2020 (horário-limite: 23h59, no Brasil).

Sobre o GCSMUS
Com duas de suas universidades, o Brasil é um dos parceiros do Global Center of Spatial Methods for Urban Sustainability (GCSMUS), que reúne 48 parceiros institucionais de 48 países, de oito diferentes regiões.

A Universidade de São Paulo (USP) é um dos parceiros principais do GCSMUS, no mundo, e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) uma das universidades parceiras da iniciativa, que tem sua base na Technische Universität Berlin (TU Berlin), na Alemanha.

A entidade é financiada pelo Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ), por meio do programa exceed do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico).